Janelas da Leitura

Programação

20h00 - PALESTRA DE ABERTURA:

“Uma nação de leitores”, com Mempo Giardinelli (AR)
O escritor argentino e criador de uma fundação dedicada à leitura que leva seu nome, falará sobre seu projeto de transformação social através da literatura, explanando princípios e práticas desenvolvidas ao longo de mais de dez anos de trabalho. “Voltar a ler: propostas para ser uma nação de leitores” é o título de seu livro que defende a criação de políticas públicas de fomento ao livro e à leitura que levem em consideração questões culturais e sociais, e não apenas literárias e estéticas. “Sem livros, não há futuro possível”.
INSCREVA-SE
Mempo Giardinelli (AR)
Jornalista e escritor argentino, autor de Luna Caliente - Três Noites de Paixão, a Revolução de Bicicleta e Impossível Equilíbrio, entre outros. Lecionou Jornalismo e Literatura na Universidade Iberoamericana (México), na Universidade Nacional de La Plata (Argentina) e na Universidade de Virgínia (EUA). Fundou e preside a Fundação Mempo Giardinelli, que se dedica ao fomento da leitura e da educação. Desde 2004, é assessor honorário do Ministério da Educação argentino e do Plano Nacional de Leitura.

18h30 - MESA-REDONDA:

“Caminhos para leitura no Brasil” com José Castilho (SP) e Zoara Failla (SP). Mediação: José Carlos Fernandes.
Encontro para conversar sobre políticas públicas de leitura para o país, considerando perspectivas municipais, estaduais e federais, avaliando exemplos internacionais e procurando entender como as parcerias com a iniciativa privada podem contribuir de maneira significativa. José Castilho, ex-secretário executivo do Plano Nacional de Leitura (PNL), e Zoara Failla, coordenadora das pesquisas bianuais “Retratos da Leitura no Brasil”, representam dois olhares atentos para o que se está produzindo hoje no Brasil sobre leitura.

20h30 - Antologia Viva I:

“Literatura feita aqui” com Andressa Barichello, Cézar Tridapalli, Etel Frota, Luís Henrique Pellanda e Otávio Linhares
Encontro de autores curitibanos para a leitura de textos próprios e o compartilhamento da visão pessoal de cada um sobre o impacto de outras leituras em sua vida e obra. A “Antologia Viva” quer oferecer ao público, em um mesmo encontro, a possibilidade de tomar contato com a diversidade de vozes da literatura produzida hoje na cidade. Entre os autores confirmados estão Andressa Barichello, Luci Collin, Luís Henrique Pellanda, Marcelo Sandmann e Otávio Linhares.
INSCREVA-SE
José Castilho (SP)
Doutor em Filosofia Política (USP) e especialista em Edición Global pela Universidade Pompeu Fabra de Barcelona (Espanha), é consultor na área de livro, leitura e biblioteca. Foi professor da UNESP, além de diretor presidente da editora da instituição. Dirigiu a Biblioteca Público Mário de Andrade e presidiu a Associação Brasileira de Editoras Universitárias. Foi Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, vinculado aos Ministérios da Cultura e da Educação.
Zoara Failla (SP)
Socióloga formada pela UNESP e mestre em Psicologia Social pela PUC-SP, é coordenadora de projetos do Instituto Pró-Livro. Coordenou e organizou a publicação da 3ª e da 4ª edições da pesquisa “Retratos da leitura no Brasil”, publicadas em 2014 e 2016, respectivamente. Foi consultora do PNUD-ONU na coordenação do Programa de Aperfeiçoamento do Ensino Médio, na SEE-SP (PROMED), e implantou projeto de formação para lidar com jovens em medidas socioeducativas (FEBEM).

14h00 - MESA-REDONDA:

“Ler o mundo” com Eliana Yunes (RJ) e João Carrascoza (SP). Mediação: Flávio Stein.
A reconhecida pesquisadora Eliana Yunes, por longos anos responsável pela Cátedra Unesco de Leitura da PUC-Rio, e o premiado escritor João Anzanello Carrascoza conversam sobre a leitura em sua dimensão mais ampla, tanto valorizando a leitura literária como a leitura nas suas mais diversas formas e funções, no exercício contínuo de perceber novos olhares e novas relações para o binômio: Literatura e Vida.

17h30 - MESA-REDONDA:

“LITERATURA INFANTIL NO BRASIL: AINDA UM DESAFIO?” com Dolores Prades (SP) e Fabíola Farias (MG). Mediação: Cézar Tridapalli
Onde estamos e para onde vamos com a produção da literatura infantil nacional? Qual seu papel no mercado editorial brasileiro e qual sua importância e alcance nas práticas de leitura em ambiente escolar? Ser uma criança leitora garante um adulto leitor? Estas são algumas das perguntas que norteiam a discussão entre Dolores Prades, criadora do Instituto Emília e da Revista Emília, e por Fabíola Farias, coordenadora da rede de bibliotecas e projetos para a promoção da leitura da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte.

20h00 - LEITURA PÚBLICA

"Palavra Doce Cruel Palavra: Vozes da Literatura Brasileira Contemporânea" Com O Círculo: núcleo de leitura
Coletivo que vem se dedicando a realizar leituras públicas acompanhadas de composições musicais especialmente escritas para serem tocadas junto com cada texto. Para cada evento, o grupo prepara um programa específico, seguindo conceitos particulares de vocalização do texto literário em prosa. Um outro modo de apresentar leitura.
INSCREVA-SE
João Carrascoza (SP)
Escritor, redator de propaganda e professor da ESPM e da Escola de Comunicações e Artes da USP, onde fez mestrado e doutorado em Ciência da Comunicação. Publicou os romances “Caderno de um ausente” e “Aos 7 e aos 40”, e livros de contos como “Espinhos e alfinetes”, “Linha única”, “Aquela água toda” e “Diário das coincidências”, além de novelas para o público infantojuvenil. Dos prêmios que recebeu destacam-se Guimarães Rosa/Radio France Internationale, Fundação do Livro Infantil e Juvenil, Fundação Biblioteca Nacional, Jabuti e APCA.
Eliana Yunes (RJ)
Graduada em Filosofia e Letras pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira, mestre em Letras pela PUC-Rio, doutora em Linguística pela Universidade de Málaga e em Literatura pela PUC-Rio, com pós-doutorado em Leitura pela Universidade de Colônia. Criou para a Biblioteca Nacional, o Programa Nacional de Leitura (Proler), é assessora do Cerlalc/Unesco e foi diretora da Cátedra Unesco de Leitura no Brasil entre 2006 e 2013. Atualmente, é professora associada da PUC-Rio, coordena o setor de pesquisas e publicações do Instituto Interdisciplinar de Leitura da PUC-Rio (iiLer), cujo Conselho de Desenvolvimento também preside.
Dolores Prades (SP)
Publisher da revista “Emília”, fundadora e diretora do Instituto Emília e do Laboratório Emília de Formação. É doutora em História Econômica pela USP e especialista em literatura infantil e juvenil pela Universidade Autônoma de Barcelona. Curadora e coordenadora dos seminários Conversas ao Pé da Página. Coordenadora no Brasil da Cátedra Latinoameriacana y Caribeña de Lectura y Escritura. Professora convidada do Master da Universidade Autonoma de Barcelona. Curadora da FLUPP Parque em 2014 e 2105. Membro do júri do Prêmio Hans Christan Andersen 2016 e do Bologna Ragazzi Award 2016.
Fabíola Farias (MG)
Graduada em Letras, mestre e doutoranda em Ciência da Informação pela UFMG. É leitora-votante da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, membro do Movimento por um Brasil Literário e coordenadora da rede de bibliotecas e projetos para a promoção da leitura da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte.

10h00 FEIRA

FEIRA DE PUBLICAÇÕES & ARTE

10h00 - 6X15:

Iniciativas INOVADORAS para incentivar a leitura
Se a leitura, além de um prazer, é um elemento de transformação social, é preciso incentivá-la. Mas como? Para dar algumas ideias, convidamos representantes de seis iniciativas inovadoras de incentivo à leitura para apresentarem suas ideias e seus resultados em quinze minutos. Entre as iniciativas confirmadas estão a Freguesia do Livro, a Editora Voo e o projeto Manobra Literária. Com Josiane Bibas e Ângela Duarte da Freguesia do Livro, Claudia Kubrusly da Editora Vôo, Charlie Batista do Manobra Literária, Daisy Cárias do Canal A Cigarra e a Formiga, Palmira Acosta sobre o incentivo à leitura no CENSE Piraquara, e Lúcia Cherem da Ação Integrada pelo Letramento.

11h30 - Encontro dos Distribuidores da Freguesia do Livro

Ao longo de quatro anos, a Freguesia do Livro criou um grande número de pontos de distribuição por toda a cidade. Padarias, salões de beleza, cafés, restaurantes e mercearias, além de instituições, escolas, creches e asilos, mantêm caixas de livros para que os frequentadores se sirvam da literatura nos seus gêneros mais variados. O Encontro prevê a reunião daqueles que cuidam das caixas, os agentes de leitura, para que tenham a chance de se conhecerem e entenderem melhor seu importante papel. Espaço de confraternização, conscientização e de articulação de novas ideias e projetos. Ler se ensina, gostar de ler se aprende.

14h30 – ANTOLOGIA VIVA II & CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS:

LITERATURA FEITA AQUI
com Assionara Souza, Flávio de Souza, José Carlos Fernandes, Luci Collin, Marcelo Sandmann e Vanessa Rodrigues.
Encontro de autores curitibanos para a leitura de textos próprios e o compartilhamento da visão pessoal de cada um sobre o impacto de outras leituras em sua vida e obra. A “Antologia Viva” quer oferecer ao público, em um mesmo encontro, a possibilidade de tomar contato com a diversidade de vozes da literatura produzida hoje na cidade. Entre os autores confirmados estão Andressa Barichello, Luci Collin, Luis Henrique Pellanda, Marcelo Sandmann e Otávio Linhares. Ao mesmo tempo, para as crianças, ocorrerá contação de histórias.

15h30 OFICINAS

ENCADERNAÇÃO ARTESANAL & MARCADORES DE PÁGINA EM AQUARELA

17h00 CONFRATERNIZAÇÃO - SHOW COM GARIBALDIS & SACIS

Festa de encerramento
Depois de discutir a leitura nas mesas do evento e celebrá-la com leituras públicas, oficinas e uma feira de publicações e arte, vamos encerrar o evento com uma festa embalada pelas marchinhas de carnaval tocadas pelo bloco Garibaldis & Sacis.
INSCREVA-SE

Fale Conosco

Local do Evento

Fale Conosco

Nome:
Email:
Telefone:
Mensagem:

Local do Evento